Mundo: Joe Biden já tomou posse. É oficialmente presidente dos Estados Unidos da América

5
PARTILHAS
57
VISUALIZAÇÕES

Esta quarta-feira, dia 20 de janeiro, marca o fim de quatro conturbados anos com Donald Trump na Casa Branca e o início de “um novo dia”. Joe Biden toma posse como 46.º Presidente dos Estados Unidos, juntamente com Kamala Harris, a primeira vice-presidente mulher e afro-americana.

“É um novo dia na América”, escreveu Joe Biden na sua conta da rede social Twitter ao início da tarde desta quarta-feira.Milhares de pessoas em todo o mundo assistem virtualmente à cerimónia da investidura de Joe Biden como 46.º Presidente dos Estados Unidos.

Pela primeira vez na história dos EUA, a cerimónia decorre sem público a assistir presencialmente, com o Capitólio apenas acessível a pessoas credenciadas.

Ainda abalados pelo ataque ao Congresso por parte de apoiantes do Presidente cessante Donald Trump e com a ameaça contínua de protestos armados, o ambiente nos EUA, e particularmente em Washington, é de grande tensão e obrigou a um reforço das medidas de segurança para o dia da Inauguration de Joe Biden.

A capital norte-americana transformou-se numa verdadeira fortaleza: as ruas estão interditas, com cerca de 25 mil agentes da Guarda Nacional a guardar o perímetro de segurança junto do Capitólio. Esta é a maior operação de segurança alguma vez realizada para uma transição presidencial.
“A democracia venceu”
Depois de ter prestado juramento solene, com a mão esquerda numa Bíblia e a mão direita no ar, Joe Biden começou o seu discurso de tomada de posse.
“Este é dia da América, da democracia. Um dia de história, de esperança, de renovação de decisão”, disse o Presidente eleito.
“Hoje celebramos o triunfo não de um candidato, mas de uma causa. A causa da democracia, do povo e da vontade do povo que foi ouvida”, acrescentou. “Mais uma vez ficamos a saber que a democracia é preciosa e frágil e neste momento, meus amigos, a democracia venceu”, afirmou Biden.
“Neste terreno sagrado em que há poucos dias a violência agitou as bases da capital, unimo-nos enquanto uma nação sobre Deus, indivisível, para levarmos a cabo uma transferência de poder pacífica como temos feito há mais de dois séculos”, afirmou o Presidente eleito, referindo-se ao dia em que milhares de apoiantes de Trump assaltaram o Capitólio.
“Esta é uma grande nação”, disse Biden, sublinhando que há ainda, no entanto, um “longo caminho a percorrer”. “Há muito a reparar, muito a restaurar, muito a sarar, muito a construir e muito a ganhar”, disse o Presidente eleito.
Fonte: RTP Notícias
Seguinte

DESCARREGUE A NOSSA APP

blank blank

PODCASTS

blank
blank
blank
blank

Rádio Reportagem